sábado, 19 de março de 2011

Coisas Estranhas Para Pôr na Boca


O ser humano é realmente um bicho estranho e altamente adaptável.
O cardápio varia de acordo com o continente, país, região, estado ou múnicípio. Em alguns lugares os hábitos alimentares são tão exótico que chegam a ser inacreditáveis.
Os japoneses apreciam deliciar-se com sashimi de Baiacu. O peixe é portador de uma toxina em suas vísceras que mesmo depois de pronto pode causar envenenamento.


No Brasil o período que circunda o verão, em diversas localidades de clima extremamente quente, inclusive o Rio de Janeiro, uma iguaria é consumida pela população.
A tanajura. Conhecida como formiga de asa, por diversas vezes as presenciei sendo alvo de captura de crianças, adolescentes e adultos. A pobre coitada de traseiro protuberante vira um petisco " divino", servida como farofa ou simplesmente torrada sobre um arroz bem quentinho.

Na china os insetos também fazem parte da dieta. Gafanhotos caramelados, larvas secas, bicho da seda entre outros, são degustados comumente. Comer gafanhoto não é apenas privilégio dos povos orientais. Na Bíblia há descrição da dieta de João Baptista ser composta por gafanhos untados em mel. Neste país, além dos insetinhos você também pode degustar filhotinhos de ratos vivos! Coisa de louco!


Na Coréia do sul a fome vem cercada de crueldade, eles apreciam uma suculenta sopa de carne de cachorro. Isto mesmo, pasme! Sorte do meu cãozinho Bono Vox  ser brasileiro.


Imagine o quanto é desagradável você quebrar um ovo na hora de fritar e ter um pintinho lá dentro? Nossa! Perco até a vontade de comer! Na Filipinas isto não acontece. Pelo contrário, "balut" é uma iguaria na qual se cozinha os ovos do pato com o bichinho lá dentro, come-se na própria casca.


Na Austrália, aborígenes se deliciam com larvas do tamanho de um polegar retiradas diretamente da casca das árvores que precisam ser digeridas antes que te mordam. Estas larvas possuem alto índice de proteína.


Na itália não tem só macarronada! Tem o Cazu Marzu, um queijo envelhecido que só está pronto para ser comido quando literalmente apodrece e saem larvas de dentro dele.

Macacos me mordam! Ou não! Não enquanto você estiver comendo o cérebro deles ainda vivos enquanto eles se debatem! É só pegar um avião e partir para Índia se a idéia abriu o apetite.


Burp! Acho que por hoje chega não é? Depois de tudo isto você vai achar nada estranho comer testículos de boi acompanhados de uma cervejinha no bar da esquina.

4 comentários:

escritor disse...

existe muita outra coisas esquisitas que o povo colca na boca

fabriziocmelo disse...

não vou mentir! já comi mesmo tanajura e é muito bom na farofinha...rsrsrsrs

Agni. Shakti disse...

Fabrizio, todo mundo que já comeu disse que é bom demais. Vou esperar o próximo verão.

Agni. Shakti disse...

Lohan! Valeu pela visitinha meu genro. rsrs