sexta-feira, 25 de março de 2011

Virtual ou Real?


Um dia destes, estava aqui envolvida com os meus escritos, entre um artigo e outro e algumas páginas do meus livros até que… Deu branco! É o que acontece quando tenho milhares de coisas acontecendo simultaneamente na minha cabeça, tudo isto graças ao meu TDAH. É um inferno!

Uma história inteirinha com diálogos e personagens, artigos com uma ampla abordagem sobre determinado assunto e dezenas de páginas entulhadas dentro da caixa craniana se atracando com um neurônio e outro.

Nada sai dos meus idolatrados dedinhos. Olhei para o teclado e pareceu-me um paciente na mesa de cirurgia necessitando de uma operação. Os dedos me serviriam como bisturi, mas não sabia exatamente por onde começar a fazer uma incisão. Então cruzei os braços, descruzei, toquei no mouse cliquei em um link e fui parar no uol.

Quando estes brancos acontecem não adianta brigar e nem xingar, não dá absolutamente em nada.
Então com a inércia do meu pensamento resolvi entrar em uma sala de bate papo. Pensei que de repente poderia ler ou dialogar com alguém que me desse um tema, uma inspiração.

Porque nada melhor do que pessoas reais e fatos reais para ter idéias. Pessoas reais? Fatos reais?

Quem realmente age na vida real como age no bate papo ou vice versa? Eu! Pasmem! É verdade… Eu ajo. Algumas vezes temperamental, outras solícita, mal humorada, um anjo de candura, ou simplesmente “p” da vida em alguns momentos. Neste dia eu encontrei um destes momentos “p” da vida.

Para começar, é impressionante a capacidade que o ser humano tem para criar nick com apelo sexual. Alguns são tão absurdos que chegam a serem ridículos. Fico a divagar o que se passa na cabeça de um ser humano assim.

No bate papo literalmente é raro uma qualidade chamada educação. O sujeito coloca um apelido de “roludo na cam” e te diz: Vamos gozar na cam? Pasmem novamente, mas tenho alguma desconfiança que muitas mulheres respondem sim de imediato. Por quê??? Não sei. Não me pergunte! Pergunte a elas!

O que faz ele usar um apelido deste? Aí sim tenho a minha visão. Acho que ele não anda fazendo isto com ninguém. Não creio que ele ande na rua encontre uma estranha e faça esta proposta ( estou quase certa de que se pudesse a faria).

Imagino eu que além de perderem a educação quando entram no mundo virtual alguns homens e mulheres perdem valores, autoestima e noção do senso do ridículo. Imagino também que o que eles andam menos tendo na vida é um orgasmo de verdade.

A coisa evoluiu tanto que os sites separaram salas por tema. Tem sala para amantes, casados, casais, fetiches, gordinhos, homossexuais, sadomasoquistas e outra dezena de temas variados, fora as que são criadas por assinantes.

O mais engraçado de tudo é que cada um não fica na sua devida sala. E nem acho que devam ficar! Caso contrário ficaria parecendo uma espécie de segregação. Isolando preferências sexuais, estado cívil e condição social.

Aproveitem o mundo virtual! Lá você pode ser o que você quiser! Falar o que você quiser, liberar todas suas fantasias e frustrações. Apenas peço encarecidamente “Sr, roludo na cam”, que tal um bom dia, boa tarde ou boa noite e uma perguntinha básica antes de intimar uma mulher a te ver gozar na cam? Você curte sexo virtual?

Seria digamos assim uma espécie novo estilo do cavalheirismo, educação e aquela antiga sedução que os homens tinham quando queriam simplesmente ter uma noite de prazer com uma mulher.

Estou parecendo careta? Cafona? Utopista? Pode até ser, mas quem me conhece sabe que sou até bem liberal. Apenas mostro aqui a indignação que tenho certeza que milhares de mulheres que entram em bate papo para fazer amizade, encontrar um parceiro bacana ou simplesmente passar o tempo, sentem quando são abordadas deste jeito.

Mulher quando quer “dar” para um homem “dá”, não tem algema que segure. Aliás pode até ser que em uma destas suas abordagens você encontre uma que tem um par de algemas e realize aquele seu fetiche.

Vai uma dica, reaprendam a seduzir uma mulher, seja no mundo virtual ou real. Pensando nestas pobres mulheres vítimas dos incautos que não respeitam o livre arbítrio de cada um. Segue abaixo duas dicas de como abordar uma mulher no bate-papo dependendo da sua intenção.

Para sexo virtual: Roludo na cam diz para Maria100Vergonha: Bom dia, tudo bem? ( se a mulher não responder não insista o seu perfil não agrada, parte para outra).
Maria100Vergonha diz para roludo na cam: Tudo ótimo e com você?Roludo na cam diz para Maria100Vergonha: Comigo idem. Curte sexo virtual?Maria100Vergonha diz para roludo na cam: Claro que sim! Me da seu msn!

(Depois desta é só correr para o abraçooooo!!!)

Sem sexo virtual: Paulo diz para Alice: E aí? Beleza?
Alice diz para Paulo: Tudo tranquilo.
Paulo diz para Alice: Procura virtual ou real?
Alice diz para Paulo: Procuro alguém real, sou livre.
Paulo diz para Alice: Olha não vou mentir.Eu também procuro alguém real.
Alice diz para Paulo: Vamos para o msn e ver no que dá?

Aí?? É só correr para o abraçooooo! Se a porta tá aberta só depende dos dois.

Vantagens do Sexo Virtual
Não há problemas com a distância, não gasta dinheiro com chopinho, motel, camisinha e depois é só desligar a cam se não foi bom e excluir do msn.

Vantagens do Real? Viver intensamente é muito bom. Seja lá qual for sua opção sexual. Se não foi bom pra alguém um beijo e um abraço e até nunca mais! Se foi bom a internet finalmente conseguiu atingir o seu verdadeiro objetivo aproximar pessoas.
E quanto o branco que eu tava? Tá melhorando. Obrigada.

Nenhum comentário: